quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Disputa de Classes

Disputa de Classes
Jean Oliveira
Brasil, 2018

DISPUTA DE CLASSES


Um espectro ronda a Europa! Os trabalhadores cruzaram seus braços e as fábricas pararam! Uma reunião urgente foi convocada para decidir sobre um futuro incerto. Agora, operários, sindicalistas e burgueses põem na mesa suas diferenças, suas forças e seus interesses. Em volta dessa mesa está a expectativa de todas as classes, o anseio de um país inteiro e uma decisão que pode mudar o mundo!

A REUNIÃO

Os trabalhadores finalmente poderão emitir suas vozes! A negociação é difícil e ninguém quer ceder, no entanto, um consenso é necessário. As possíveis pautas estão sobre a mesa:
· Horas de trabalho
· Condições no chão de fábrica
· Dinheiro
· Justiça

MECÂNICAS

– Cada integrante do jogo recebe características escolhida pelos demais, seguindo a regra
do sim para a formação do personagem;
– Os integrantes do jogo devem ser escolhidos pelo sorteio das cartas;
– Os personagens serão direcionados pelas descrições das cartas;

A regra do sim é uma dinâmica para formar as personalidades dos personagens que os jogadores irão incorporar assim como a narrativa do jogo em si. É necessário apenas que cada jogador escolha uma característica qualquer que vier à cabeça e atribuir essa característica ao próximo jogador. Quem recebe a característica deve assumi-la como verdadeira e atuar de acordo com o que foi dito. Exemplo: Maria disse que o personagem do João é um velho chato, João tem que agir como se fosse e depois dizer uma característica para outro jogador. O mesmo vale para afirmações a respeito de acontecimentos dentro do jogo.

O jogo não tem limite de tempo e nem um roteiro definido, nem falas escritas anteriormente. Os jogadores devem agir de acordo com o personagem e com personalidade que recebeu. O jogo acaba quando houver um acordo sobre a greve ou um encerramento da reunião.


Faça o download de Disputa de Classes em PDF

imagem do post: 'A Greve' (detalhe), de Juliusz Lewandowski.

Nenhum comentário:

Postar um comentário